Sobre Nós

Somos a Carina e o Luís.

Conhecemos- nos em 2002, ainda estudávamos.

Nessa altura não tinha grandes sonhos, o sonho normal… queria acabar a faculdade, entrar no mundo do trabalho, comprar um carro, quem sabe uma casa…

O Luís não… O Luís falava em sair de Portugal, em conhecer novos sítios, dizia que gostava de ir para S. Francisco, na Califórnia. Dizia que tinha um sonho, conhecer Bora Bora, e que já andava a poupar para isso desde os 15 anos. “Conhecer o quê? Pensei eu…” Geografia nunca foi o meu forte…

Foi juntos que começámos a viajar, juntos alimentámos o “bichinho” da viagem.

Já só começámos em 2007 a sair de Portugal e desde então estivemos em 21 países juntos.

Em 2014, nasceu a nossa Ritinha.

Com ela, todos os receios normais de pais de primeira viagem, mas com mais uma agravante… “Então e viajar? Como vai ser agora? Iremos conseguir?”

Podemos não viajar tantas vezes como gostaríamos, mas queremos dar à nossa filha esta oportunidade. De crescer a conhecer novas culturas, novos mundos, paisagens e animais diferentes dos que temos por cá. Queremos transmitir-lhe que a nossa casa é o mundo e não apenas a cidade, país, ou continente em que vivemos… nós somos um grão de areia no meio de um deserto.

A ideia do blog surgiu numa altura em que me apetecia fazer algo de diferente. Gosto de escrever, apesar de já não o fazer há algum tempo de estar um pouco “bloqueada”. Adoramos partilhar as nossas viagens, adoramos incentivar amigos para o fazerem, tentamos dismitificar o “bicho de sete cabeças” que é viajar com filhos. Queremos ajudar no que conseguirmos, aconselhar, inspirar, partilhar. Para nós o segredo é “descomplicar”, e tem resultado!

O nome, Ratinhos Viajantes como apareceu?

O apelido do Luís é Rato e, como tal, esta foi uma alcunha que ficou desde sempre. Quando começámos a namorar, um grupo restrito de amigos começou a apelidar-nos de “os Ratos”. Não há “a Carina” ou “o Luís”, não… somos um, somos “os Ratos”.

Na altura de escolher um nome, pensámos… pensámos… e chegamos à conclusão que não valia a pena fugir… somos os Ratos, gostamos de viajar, deixámos de ser 2 para sermos 3, por isso somos os “Ratinhos Viajantes“.