Omis – Com vista para o Rio, Mar e ilha de Brac

Estávamos a subir a Croácia, vindos de Dubrovnik e tínhamos como objetivo conhecer a cidade de Split. Split é uma cidade com uma dimensão considerável e ao planear o trajeto, preferimos ficar num sítio mais calmo, longe da confusão da cidade, mas ao mesmo tempo perto de Split, para podermos ir lá num dia conhecer.

Após algumas pesquisas, gostámos bastante do que vimos acerca de Omis. Uma vila piscatória que nos pareceu muito simpática, com umas paisagens muito interessantes.

Em Omis, ficámos num apartamento alugado no Airbnb, que se chamava Vila Stari Grad, mas já não está disponível para aluguer neste site. Um apartamento pequenino, com dois quartos, uma cozinha e uma casa de banho, situado em pleno centro. Bastante humilde, suficiente para nós! A dona da casa, não falava absolutamente nada inglês, valeu-nos a filha. Mas por vezes não são precisas palavras, basta um olhar para nos sentirmos acolhidos, um sorriso, pequenas atitudes, como um prato com bananas, bolachas e chocolates, que nos foram entregar na manhã seguinte. O estacionamento, que era num local público e pago, estava incluído e a senhora tinha uma avença que nos forneceu.

Omis é bastante pequeno, não foge muito ao tradicional da Croácia, ruas em pedra, ruelas estreitas, e uma muralha (ou o que sobra dela) a rodear.

No dia em que chegámos, já perto das 19h, só houve tempo para nos instalarmos, dar uma voltinha pelo pequeníssimo, mas muito agradável centro histórico e jantar num dos vários restaurantes que se encontram nas ruelas onde só se circula a pé. Ao jantar, uma das melhores refeições na Croácia. Um peixinho grelhado que estava mesmo muito bom, embora a acompanhar com… batata frita.

IMG_8726

Não estamos habituados a peixe grelhado com batata frita… mas a Rita não se importou mesmo nada!

Também tivemos direito a uma oferta da casa, uma espécie de bagaço caseiro, que pelo que nos disseram, deve existir em todas as casas na Croácia. Só de cheirar, acho que fiquei logo alcoolizada!!! O Luís disse que era muito bom… e  devia ser… foram dois de seguida…

IMG_8730.JPG

No primeiro dia, logo pela manhã, passeámos mais um pouco pelo centro histórico…

E aproveitámos para subir a muralha até ao pequeníssimo castelo que tem uma vista brutal.

A partir desta posição muito privilegiada é possível observar a vila, o rio, o mar e a ilha de Brac!

IMG_8769.JPGIMG_8762IMG_8800IMG_8807IMG_8813IMG_8872

A Rita até nos acompanhou na subida e deixou a preguiça de lado. Brincou com pedras, um dos brinquedos preferidos dela, e às escondidas.

IMG_8862

Daqui fomos para Split, onde almoçámos e conhecemos o centro histórico (falaremos de Split num próximo post).

De volta a Omis, ainda fizemos um passeio num barco muito pequeno pelo Rio Cetina. Aqui é possível alugar um barco da mesma forma que se aluga um carro e irmos por nossa conta. Nem é precisa nenhuma licença para o poder conduzir. No entanto, como nenhum de nós nunca conduziu um barco, tive receio e optámos por ir com condutor.

Um passeio bastante agradável, onde nos sentimos rodeados de natureza pura. O ponto negativo foi mesmo o frio que se fez sentir e não íamos preparados para tal. Começámos às 16h30 e acabou por volta das 18h.

IMG_9015IMG_9046IMG_9051IMG_9067IMG_9079IMG_9144

A meio, antes do regresso parámos perto de um restaurante com uns baloiços para a Rita brincar.

IMG_9161IMG_9170IMG_9175IMG_9208

Jantámos e no dia seguinte pela manhã fomos em direção a Zadar, com paragem no parque nacional de Krka.

Omis foi uma agradável surpresa, fora do típico roteiro turístico, que nos deixou saudade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s