Pais Loucos – Parte II

Como se não bastasse estes pais terem colocado a Rita num voo de 10 horas rumo ao Rio de Janeiro, estes pais decidiram arriscar mais um pouco… Tem corrido tudo bem, vamos lá colocar a Rita numa viagem com 3 escalas, com uma duração total de cerca de 24 horas! Loucos, pois claro!

Não foi uma decisão fácil…  Assusta um pouco pensar numa viagem assim tão grande para uma criança de 2 anos. Pensamos que, para nós adultos já é cansativo, muitas horas sentados, mal conseguimos dormir. Mas uma criança com dois anos, tem mais espaço, consegue deitar-se ao nosso colo. Precisa ir entretida, claro… o que pode não ser fácil. Apesar dos receios normais, decidimos arriscar…

Estamos em Outubro de 2016, 2 anos de Rita… Seychelles were we go!!!

Seychelles era um dos nossos destinos de sonho já há algum tempo. Localizado no Oceano Índico, as Seychelles são um arquipélago composto por 115 ilhas, local de um grande número de reservas naturais, recifes de coral, lar de espécies raras de animais, como as tartarugas gigantes de Aldabra, e lar da maior semente proviniente de uma árvore, o coco de mer.

As principais ilhas turísticas são Praslin, La Digue e Mahé. Nós tivemos o privilégio de conhecer Praslin e La Digue.

Este foi o nosso percurso:

  1. Voo Lisboa > Londres
  2. Voo Londres > Abu Dhabi
  3. Voo Abu Dhabi > Mahé
  4. Voo Mahé > Praslin
  5. Estadia de 5 noites em Praslin
  6. Travessia de barco Praslin > La Digue
  7. Estadia de 3 noites La Digue
  8. Travessia de barco La Digue > Praslin
  9. Voo Praslin > Mahé
  10. Voo Mahé > Abu Dhabi
  11. Autocarro Abu Dhabi > Dubai
  12. Estadia de 1 noite no Dubai
  13. Autocarro Dubai > Abu Dhabi
  14. Voo Abu Dhabi > Madrid
  15. Voo Madrid > Lisboa

Cansados só de ler e imaginar?

Sim é cansativo, com uma criança um pouco mais, pois não podemos simplesmente encostar no avião e descansar ou mesmo dormir, principalmente quando iniciamos a viajem durante o dia. Temos que brincar, entreter, passear pelo avião, estar 100% disponíveis. No entanto, garanto que vale tudo! Nunca em momento algum pensámos, não o deveríamos ter feito, nunca! Nunca, em momento algum pensámos, deveríamos ter vindo só nós os dois, nunca! Mas pensámos várias vezes, “aí o que não daríamos para ir em primeira classe com tanto espaço disponível!!”

Foi sem dúvida uma aventura que ficará para sempre nas nossas recordações.

Frases como “Olha pai, Olha mãe, a tatauga!”…”Olha, o pexe, o pexe!”…”Olha o caejo (carangejo)”…”olha pai, o tubaão”…”Pai, água, paia, anda comigo”…”Mãe, sacaleta (bicicleta), anda anda”…vão ficar-nos na memória…

Foram horas e horas de brincadeira, risos, gargalhadas…momentos daqueles que perduram por anos e anos nos nossos corações de pais babados.

Mostrámos à nossa filha animais, praias, pessoas, lugares diferentes daquela a que normalmente chamamos “a nossa casa”.

É esta a mensagem, a herança que queremos deixar à nossa filha…a nossa casa não é a cidade, país ou continente onde vivemos, a nossa casa é o planeta Terra.

E enche-nos de orgulho ver a forma como ela absorve todo este mundo novo…sempre com um sorriso na cara, sempre bem disposta, sempre pronta para a brincadeira mesmo depois de mais de 20 horas de viagem.

E ainda hoje, passado um ano, se por algum acaso andamos de barco, nem que seja só para atravessar o rio Tejo, a Rita pergunta “vamos ver as tartarugas?”, porque com 2 anos andou de barco para ir a uma ilha com tartarugas gigantes… E saber que ela está a ficar com recordações dos nossos momentos, aquece-nos o coração…

Loucos, mas loucos felizes…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s